Dica 55: Fazendo arte

Desde que entrevistei a Raquell Guimarães, da Doisélles, para o Especial Jovens Mulheres do EcoD, fiquei meio obcecada com a ideia de aprender a fazer crochês, tricôs, bordados e todo tipo de artes manuais. Por sorte, minha avó é uma artista das mais prendadas e quando eu contei das minhas intenções ela gostou mais do que eu. Na mesma semana começamos as aulas de crochês e – tirando o bullying do namorado, irmão, amigos e primos que não param de me chamar de velha – eu estou me saindo muito bem, obrigada!

Para treinar minhas novas habilidades, catei um potinho de papinha de neném e uma garrafa de vidro vazias e comecei a trabalhar. Alguns metros de linha e muitas horas fazendo e desfazendo pontos depois, eles haviam se transformados em porta-velas e flores. Ficou meio torto e tem um ponto maior que o outro, mas vá… ficou bonitinho pra quem está começando, né? :p

croche1

croche2

Achei umas fotos lindas no Pinterest para inspirar futuras artes. Tem CDs velhos transformados em aparadores de copos, potes de vidro que viraram porta-trecos, almofadas velhas de cara nova, banquinhos que iriam para o lixo com tampo novo coisa-linda-de-meu-Deus, ecobag e mais um monte de coisa linda – tudo feito a mão.

croche

Comentários

comentários

Deixe uma resposta