Dica 58: #SeuPreconceitoNãoMeRepresenta e outras formas de participar

Informação e conscientização em prol da saúde dos homens: Eu apoio.
Informação e conscientização em prol da saúde dos homens: Eu apoio.

Muito se fala sobre os “ativistas de sofá”, aquelas pessoas que defendem uma causa sem sair da frente do computador. Para alguns, esse engajamento “preguiçoso” não é tão válido quanto as formas tradicionais de manifestação, com caras pintadas, palavras de ordem e povo na rua com cartazes na mão.

Eu não concordo muito com isso, acho sim que toda forma de manifestação popular é importante, e que as novas tecnologias e redes sociais são apenas ferramentas que facilitam o engajamento das pessoas. Como diria o filósofo francês Pierre Lévy, “uma petição é uma petição. Uma petição online só é mais fácil de organizar”.

A internet é um dos espaços mais democráticos que já existiu e onde pessoas de diversas partes do mundo podem se unir para debater sobre todos os assuntos. Claro que sempre vão existir besteiras (e eu amo dar risada de algumas delas!), mas acho também que redes sociais podem ser ferramentas poderosíssimas para grandes revoluções (Ficha Limpa e Primavera Árabe que o digam…).

Resumindo, se souber de uma campanha, petição ou mobilização online inteligente e que trate de temas que mereçam ser discutidos e levados mais a sério, pode me mandar o link que é bem capaz de eu publicar uma foto com a hashtag do movimento!

Ah, e para saber mais sobre a campanha #SeuPreconceitoNãoMeRepresenta, dá uma olhada nesse link aqui.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta