Dica 71: Como descartar embalagens e sacolas de presentes

Quem acompanha o blog no Instagram (@simplificando) deve ter notado que sábado foi meu aniversário (\o/). Sim, estou ficando velha, os cabelos brancos já estão aparecendo (sério isso, tô deprê), e estou me esforçando para aceitar o fato de que agora estou mais pros 30 que pros 20.

Fora isso, fazer aniversário é sempre uma delícia, né?! Esse ano eu tive direito a bolo e parabéns surpresa, almoço com a família e uma tentativa frustrada de sair com os amigos (eu tava tão cansada que praticamente dormi na mesa do bar).

Sim, eu mordo o bolo (no caso, oS boloS). É a tradição mais deliciosa da família :)
Sim, eu mordo o bolo (no caso, oS boloS). É a tradição mais deliciosa da família :)

Domingão foi dia de curar a ressaca, ver com calma os presentinhos (<3) e pensar no que fazer com as embalagens que sobraram, já que jogar tudo no lixo deixou de ser uma opção para mim. A ideia era seguir a regrinha dos 3R´s. Como Reduzir já não era uma opção (afinal, as embalagens já estavam ali), a prioridade virou Reutilizar ao máximo tudo que pudesse, e só então Reciclar o que fosse preciso.

Oh, céus... O que fazer pra que nada disso vire lixo?
Oh, céus… O que fazer pra que nada disso vire lixo?

Portanto, a primeira coisa que fiz foi separar por categoria: sacolas de papel, sacolas plásticas, papel de presente e saquinhos de pano. As sacolas de papel foram devidamente dobradas e guardadas porque elas sempre são úteis em algum momento da vida. Quem também mereceu meu amor foram os saquinhos de pano, que são ótimos pra guardar sapatos ou levar na mala durante viagens.

Como eu abro presente com a classe de uma criança de seis anos, os papeis de presente estavam danificados demais para serem reaproveitados, então vieram para a redação para serem depositados no coletor azul.

As embalagens de papel foram para a reciclagem, as sacolas foram guardadas para serem utilizada novamente, o saquinho de pano agora guarda a sapatilha, e os sacos de plástico viraram dor de cabeça
As embalagens de papel foram para a reciclagem, as sacolas foram guardadas para serem utilizada novamente, o saquinho de pano agora guarda a sapatilha, e os sacos de plástico viraram dor de cabeça

Restaram apenas os sacos de plásticos, e aí que o bicho pegou. Pesquisei no EcoD, no Google e em todos os sites de reciclagem que conheço e não encontrei nenhuma informação sobre o que fazer com eles. Aí resolvi mandar um e-mail para o pessoal do eCycle, parceiros super entendidos do assunto, e eles responderam dizendo que, infelizmente, esse tipo de material é muito difícil de ser reciclado e, por isso, nem as cooperativas e recicladores se interessam.

Segundo eles, esse material (BOPP) é o mesmo usado nas embalagens de biscoito, salgadinho, sopa instantânea, barra de chocolate, pó de café, ovos de páscoa etc. Na teoria, eles são recicláveis, mas na prática, a história é outra. “Apesar de ser um plástico como qualquer outro, o BOPP necessita de mais cuidados, como limpeza. Sem contar que, como a sua reciclagem ainda não é popular, poucas empresas utilizam o material para fabricar outros produtos”, disseram. Por conta disso, nenhuma cooperativa aqui no Brasil aceita o material. :/

A alternativa então é o upcycle. Quem faz isso muito bem é o pessoal do Terracycle. Eu até entrevistei o fundador há alguns anos (clique aqui para ler) e a ideia é muito legal. Eles recolhem essas embalagens, transformam em novos produtos e os vendem em supermercados e lojas conveniadas – ponto para eles. Porém, dei uma olhada no site e não tinha nenhuma brigada para embalagens avulsas (clique aquipara saber mais sobre as brigadas).

Me restou então tentar fazer alguma arte/Faça Você Mesmo com os saquinhos metálicos. Pedi ajuda aqui na Redação e ainda não chegamos a um consenso sobre o que fazer. Eu estou com um pouco de receio da nossa ideia parar no É sustentável, mas é horrível!, mas ainda há esperança. Quem tiver sugestões, por favor, nos envie! Já pensou que massa um aniversário com #LixoZero?! :)

E pra você que vai presentear alguém em breve, fica a dica: nada de sacos de plástico! Usar tecidos pode ser uma ótima alternativa! ;)

Comentários

comentários

Deixe uma resposta