Dica 92: Comer, comer!

Mais uma de Natal! Dessa vez, o assunto é comida.

Agora que você já montou a árvore, enfeitou a porta, comprou os presente e os embalou lindamente, chegou a hora de pensar em como forrar o bucho do povo na ceia natalina.

Toda família tem uma receita tradicional e lá em casa, particularmente, passamos o ano inteiro esperando a Torta Rainha de vovó. Mas aqueles quilos de manteiga e chocolate não impedem que a gente também pense em comidinhas menos agressivas para o corpo e para o planeta.

Daí eu resolvi fuçar os arquivos do Cozinha EcoD e listei algumas ideias boas para esse Natal.

1 – Cestinha de salada bem linda, fácil de fazer e deliciosamente recheada com folhas verdes, tomatinhos cereja, gorgonzola, frutas cítricas glaceadas e muito azeite.

cestinha

2 – Salada de arroz selvagem à moda marroquina, bem temperadinha, com amêndoas doce, lentilhas, damascos e outras iguarias.

salada

3 – Risoto de cogumelos, facinho de fazer. Leva três tipos cogumelos, funghi seco, temperinhos, meia taça de vinho branco seco e pronto.

risoto

4 – Sorvete de iogurte, mel e papoula pra sobremesa. Porque a gente não abre mão de um pouquinho de gordice e só vemos neve na televisão.

sorvete

5 – Salada de frutas assadas com especiarias para os que não querem fazer a jaca de pantufa. Manga, abacaxi, maça, pêra, canela em pau, anis, açúcar mascavo e canela em pó e já foi!

salada-sobremesa

6 – Torta de milho de liquidificador e peito de peru para o dia seguinte. Sobrou peru da ceia? Então já sabe o que fazer no almoço do dia 25.

tortaperu

7 – Rabanada de panetone para quem, como eu, não é muito fã do pão natalino (ou ama tanto que come de qualquer forma). Quem sabe assim ele não fica mais interessante, né?

rabanada

8 – E para beber, refrigerante natural de laranja! Quem iria imaginar que cenouras, suco de limão, açúcar, água, gelo e raspas de laranja e limão poderiam substituir os refrigerantes do mal, hem?

refri

Pronto, as ideias estão aí! Agora é só escolher a sua e correr para a cozinha!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta